pesquisar

30 de dezembro de 2010

2011

Esse ano eu prometo.Prometo que não farei promessas vazias que surgem do nada,e eu não prometerei ficar um pouco mais magra. Prometo sim, dar mais passos em direção aos sonhos deixados de lado. E pr’aqueles que ainda não conheço, que um dia eu os reconheça,sentados na calçada esperando que eu apareça, e lhes dê um abraço. Prometo que daí em diante estarei com eles aonde quer que eu esteja. Esse ano eu prometo.Prometo que continuarei sendo principalmente eu mesma. Que não mexerei tanto nos cabelos, e talvez dê mais folgas pra minha cabeça. E eu também prometo que irei à igreja, apenas alguns domingos que seja, para que eu possa orar sem fazer pedidos e agradecer à certeza que me guia,que me dá fé, e que se torna, durante as piores chuvas, minha fortazela. Esse ano eu prometo.Prometo ajudar meu coração a se sentir livre, buscando aquilo que só tem quem ama:Um motivo…aquilo que nos faz voltar sorrindo para casa atrás de um outro sorriso. Sim, isso eu prometo, como prometo ir à guerra se for preciso, e brigar comigo a fim de lavar minh’alma das vaidades e de pensamentos ou ações sem sentido. Prometo assim, nascer de novo, junto com esse ano e por muitos outros continuar crescendo,indo, rindo, saindo do casulo para me tornar algo melhor do que fui no passado,pois também há, reservado em algum dos presentes contínuos, o meu “futuro perfeito”.